domingo, 5 de agosto de 2007

Quem é Quem nas Ruas de Monte Abraão

Uma das preocupações do homem foi sempre saber : “onde estou ?” Quer seja numa localidade, no alto de um monte ou, à beira de um rio.
Assim, cada um destes lugares tem o seu nome próprio, ou seja, o seu topónimo, tal como as suas coordenadas geográficas que expressam a sua posição no planeta alinhadas com o eixo de rotação da Terra.
Considerada a Toponímia como a ciência que estuda a origem e a evolução dos nomes dos lugares e espaços geográficos, encontramos nesta um forte contributo para o conhecimento da evolução histórica e cultural de uma região.
Assim acontece também com o nome das ruas de uma cidade, vila ou aldeia. Propomo-nos portanto estudar, fotografar e dar a conhecer a toponímia das ruas da nossa Freguesia e consequentemente quem são ou foram os Homens e Mulheres, que emprestam o seu nome às nossas ruas.
Para o efeito e porque o nosso saber não é tão vasto que nos permita fazer este trabalho sem ajuda, fomos consultando no decorrer do mesmo a “Wikipédia: Enciclopédia Livre” a "Enciclopédia Luso Brasileira de Cultura" da Verbo, "Os Descobrimentos Portugueses" de Luis Albuquerque, e "História da Arte" do Circulo de Leitores, nomeadamente no que diz respeito às Biografias que publicamos.
Quanto às fotografias das ruas de Monte Abraão, muitas não estão com a qualidade que se desejaria, ou porque o enquadramento não é o melhor ou porque a luz não incide da forma mais propícia para o efeito, defeitos que reconhecemos e que demonstram bem o grau de amadorismo de que somos detentores.
Por outro lado e no que se refere às fotos das placas toponímicas, também de nossa autoria, acresce um outro problema, já que muitas se apresentam sujas, com os nomes pouco visíveis e outras completamente deterioradas e partidas ou, colocadas a uma altura tal, que não nos permite encontrar um bom enquadramento fotográfico.
Solicitámos à Junta de Freguesia de Monte Abraão, Junta de Freguesia de Queluz e Câmara Municipal de Sintra, permissão para fazer algumas pesquisas nos seus arquivos. A Junta de Freguesia de Monte Abraão, mostrou-se muito receptiva pelo que brevemente teremos oportunidade de efectuar a necessária consulta, na Junta de Freguesia de Queluz, de acordo com a informação que nos foi dada pelo Sr. Presidente não será possivel efectuar qualquer pesquisa já que todo o arquivo desta temática, ardeu quando do incêndio do edificio da Quinta do Mirante, que hoje alberga a Biblioteca Ruy Belo.
Da Câmara Municipal de Sintra, não optivemos qualquer resposta. Sabemos no entanto que foi publicado no Diário da Republica, 2ª série nº. 130 de 9 de Julho do corrente ano, o Projecto de Regulamento de Toponimia e de Numeração de Edificios, presentemente a decorrer o prazo de 30 dias para apreciação publica, de acordo com o artº. 118º. do Código do Procedimento Administrativo e para o qual apresentámos algumas sugestões.

2 comentários:

Anónimo disse...

Bem haja, pelo trabalho interessante e útil que fez.É uma preciosa ajuda para os jovens que muitas vezes precisam pesquisar a toponímia da localidade e perdem-se no meio da muita mas pouco sistematizada informação existente.
Flora

Fernando Jorge Ferreira disse...

Há poucos dias que passei a receber
um mail sobre Queluz.Agora estou a
residir cá e sempre tive curiosidade em saber mais do que as informações disponíveis sobre o Palácio, a Matinha, a Anta de Monte Abrãao (em conservação lastimosa)e...pouco mais.
Acho extraordinária a V/iniciativa!!
Parabéns!
Fernando Ferreira